Eleitor pode agendar recadastramento biométrico e agilizar processo

O recadastramento demora por volta de 10 minutos (Foto: Reprodução/ TV Costa Norte)

Entre vantagens para o eleitor, com o recadastramento biométrico a identificação será mais segura, por meio de suas impressões digitais, pois impedirá que uma pessoa se passe por outra na hora da votação, como também agilizará todo o processo no pleito. Para isso, desde o mês de março deste ano foi iniciado em muitas cidades do estado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí o recadastramento biométrico. O prazo será estendido até o mês de março do próximo ano, 2014. Caso o eleitor não o faço, ficará impedido de votar e perderá o seu título de eleitor.

O processo é simples e dura em torno de dez minutos e pode ser feito durante toda a semana, das 8h às 18h, sem intervalo para o almoço, e nos sábados das 8h às 12h. Os eleitores devem estar munidos de originais e xerox da identidade e comprovante de residência, bem como original do título de eleitor.

Em Parnaíba, muita gente já se arrependeu de deixar o recadastramento para agora. “Se eu soubesse que ia ser essa quantidade de pessoas aqui, eu tinha vindo antes. Imagina quem vai deixar para os últimos dias”, comenta a eleitora Antônia Sousa.

Ao chegar ao TRE é necessário pegar senha e depois ir para a sala de recadastramento, onde serão atendidas de acordo com as prioridades, seja idosos, gestantes ou aniversariantes do mês.

O recadastramento também pode ser agendado pelo site do TRE (www.tre-pi.jus.br). Por meio do agendamento é possível ser atendida logo, pois é tido também como prioridade. No site é possível verificar horários disponíveis de 15 em 15 minutos. Só é permitido três pessoas com agendamento em cada horário, respeitando assim as pessoas que se deslocaram até o local.

Print Friendly